sexta-feira, dezembro 23, 2005

Listinha de presentes de Natal

Se alguém quiser me presentear, ainda dá tempo, povo. Meus pedidos:

- "Bórgia, Sangue para o Papa" (albúm de quadrinhos)

Dei uma folheada na banca, e achei simplesmente ma-ra-vi-lho-so (também, é Milo Manara, né?! O cara desenha a pornografia mais bonita que eu já vi). O roteiro parece estar legal também (já que não deu pra ler antes que o dono da banca viesse me cutucar e encher o saco). Esse aqui eu pedi de presente de amigo-aculto, e ainda bem que o livro vem lacrado: se fosse aberto e uma das minhas tias tiver me comprado, certamente ia folhear e me encher o saco pelo resto do ano...


- Tinta Azul para cabelos, que não desbote

Devo confessar que está uma ECA manter as mechas azuis do meu cabelo (o tempo de retoque é absurdamente curto), mas não quero desistir delas. Deve haver algum produto que fique mais tempo e dê menos trabalho: já vi algumas pessoas com cabelo completamente colorido, e tenho dó delas se usam a mesma gororoba que eu.


- Internet Banda Larga

Eu não tenho condições. Meu papi, idem (pelo menos até março, segundo ele diz). Se alguém aí quiser ter a bondade de me pagar uns três meses, garanto que eu fico MUITO feliz (e não, não ofereço nada em troca, além da minha eterna gratidão).

- Passagem para Israel

Não, não é piada: eu realmente morro de vontade de conhecer aquele país (apesar de saber que não poderei entrar em boate, usar cibercafe ou andar de ônibus, sob pena de virar carne moída). Não, não sou judia, muito menos muçulmana. E aos piadistas de plantão: pode ser passagem só de ida, sim, que também fico feliz.

(é pra viajar na maionese? Então lá vai)

- uma Honda Falcon (moto)
- Um Mustang vermelho
- Um emprego (com esse presente eu resolvo mais da metade dos itens aí de cima)

4 comentários:

Farofa disse...

Já pensou em fazer uma mesa de luz ao invés de comprá-la? Basta arranjar uma lanterna com lâmpada flurescente, uma chapa de acrílico branca e um suporte de madeira! Pense como o Macguyver, que com um chiclete,um canivete e um mangá do Dragon Ball consegue construir uma bomba atômica^_^!

Senhor Lancaster disse...

Israel é uma merda.
É que nem a periferia de SP, mas contando com a presença de muitas sinagogas, mesquitas e um eventual suicida explosivo.

Gabriela Iscariotes disse...

Pretendo fazer uma mesa de luz pra mim no ano que vem. Sei de uns malucos na Escola de Belas Artes que arrumam a chapa de acrílico e o ferrinho de prender o papel, mas tenho que esperar o período letivo começar.

Enquanto isso eu improviso: roubo a luminária fluorescente da escrivaninha da minha irmã (a minha estragou há tempos), sento na mesa de jantar da sala (que é de vidro), prendo a luminária entre minhas pernas e pronto! Se eu fizer à noite com a luz apagada fica uma beleza!

Gabriela Iscariotes disse...

Mesmo assim tenho vontade de conhecer Israel. Nem que seja só pra chegar lá, dar uma cabeçada no Muro das Lamentações e ir embora.

Mas se eu pudesse escolher, ia pra Berlim.